LUÍSA PENSA BESSA

SE MAQUIANDO NO METRÔ: REFLEXÃO E DICAS

UMA REFLEXÃO SOBRE O MERCADO DE BELEZA , TRANSPORTE PÚBLICO E A FALTA DE TEMPO DOS CONSUMIDORES

Cada vez mais, os meios de transporte público são tema de debate e discussão – pelo menos aqui em São Paulo. E os motivos são vários: seja o valor da passagem, a qualidade dos veículos, as faixas para ônibus, o excesso de pessoas nos trens e metrôs, uma infinidade de temas. E daí você me pergunta: que diabos isso tem a ver com Moda e Beleza? E eu respondo: é só olhar para os lados que é possível perceber que tem tudo a ver sim.O primeiro exemplo pode ser o convite para o desfile do Alexandre Herchcovitch no São Paulo Fashion Week na edição do inverno 2016. O estilista enviou um bilhete único no valor de duas passagens (ida e volta) para cada convidado, sugerindo que ele se deslocasse até o local do desfile (sede da Prefeitura de São Paulo) usando um meio de transporte público. Essa iniciativa foi algo que gerou bastante discussão, pois os desfiles de moda, normalmente, são marcados por muito glamour, exclusividade e riquezas materiais em geral.

blog-dona_karao-Drew-barrymore-Mulheres-no-trem-e-metro

Outro exemplo é o desenvolvimento do mercado de beleza nas vias de grande circulação de pessoas. A cada dia que passa, temos a sensação que o tempo está diminuindo e que não conseguimos fazer tudo que precisamos em apenas 24 horas. Acordar, tomar banho, tomar café da manhã… Fazer tudo isso com calma é um ato luxuoso e que causa estranhamento quando alguém diz que consegue fazer tudo isso tranquilamente. As mulheres, em uma grande maioria, ainda tem o costume de maquiarem-se antes de chegar ao trabalho. Mas, gente, se tá difícil conseguir tempo pra comer, imagina pra maquiar?!

beauty-stop-beauty-stop-verimachine-blog-dona_karao

E então, o que acontece? Maquiar-se no caminho de casa para o trabalho! Afinal, gastamos vários minutos ou até várias horas pra percorrer esse caminho. E é realmente muito comum ver pessoas se maquiando em metrôs  e ônibus. Ué, você vai ficar presa lá dentro por horas, então nada mais plausível do que usar esse tempo para ficar bela.

Daí você me pergunta, mais uma vez: tá, mas o que tem a ver algumas mulheres passando batom no ônibus com o mercado da beleza?

Tem a ver que algumas marcas perceberam uma oportunidade com esse comportamento rotineiro. Li que o autoconsumo é uma tendência relevante de mercado e as máquinas automáticas em lugares de grande circulação de pessoas vêm ganhando cada vez mais novas possibilidades. Em 2013, a L’Oréal instalou uma máquina de maquiagens na estação Bryant Park, em NY, a “Intelligente Collor Experience”. Mas calma, não precisa ir pra lá pra ver tal máquina, pois aqui em SP também temos algo similar! Instalaram em algumas estações do metrô máquinas similares as que vendem salgadinhos, chocolates, snacks em geral, porém recheadas de produtos de beleza! Pelo que sei, são dois tipos de máquinas, a Beauty Stop e a Verimachine. São produtos diferentes, mas a proposta das duas é a mesma: produtos de beleza e maquiagem para uso rápido e prático.

blog-dona_karao-Loreal-station-NYEntão, minha gente, se vocês têm vontade de montar o Karão no transporte público, mas morrem de vergonha, indico colocar makes na necessaire e guardar a vergonha no lixo. Por isso, segue aqui uma listinha de dicas básicas pra se embelezar em movimento:

O transporte público é público. Então, deixe a pessoa que está ao seu lado quieta em seu espaço. Sem cotoveladas, sem bolsa caindo no colo alheio. A não ser que você queira que ela participe do seu make.
– Não existe certo ou errado na maquiagem. Existem coisas que favorecem e coisas que não favorecem seu visual.
– No ônibus é melhor não sentar no fundão, pois é o lugar que mais balança e isso pode acabar machucando você.
– No metrô ir sentada de costas no sentido do movimento, olhando no espelho, pode causar enjôo.
– Já que há movimento em todos os tipos de transporte, evite fazer looks que exigem muita precisão como um delineador, por exemplo.
– Máscara para cílios e batom escuro indico uso somente em pausas de sinal de trânsito ou de estação.
– Evite produtos de pó solto, mas não dar um banho de poeira em você e nas pessoas ao redor.
– Lencinho umedecido é importante tanto pra limpar as mãos quanto algum borrado que eventualmente pode acontecer.
– Não sei o porquê, mas vejo DIRETO pessoas passando sombra rosa e azul bebê cintilante nos ônibus. Como falei, não tem certo ou errado na maquiagem, mas digo com muita confiança que essas duas cores são as mais dificeis de combinar em alguém, ainda mais com o “look normal de trabalho”. Indico evitar.
– O melhor é usar um espelhinho separado, pois os que estão nas embalagens dos pós, sombras, etc, costumam ficar empoeirados. E passar o dedão pra tirar a poeira não vai ajudar a limpar.
Enfim. Maquiando-se em casa, no trabalho, metrô ou ônibus, tenha atitudes bonitas e sinta-se bonita, seja onde você estiver!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply