LUÍSA PENSA BESSA

LA BELLEZZA

Quando o belo vale mais do que mil palavras

Quando viajei para Paris e pra Milão, há uns anos, fiz aloka e, ao invés de encher as malas de roupas, enchi as malas de livros! Deu O MAIOR TRABALHO carregar tudo na volta, mas valeu a pena.

Foi uma coisa tão maravilhosa ver tantos livros incríveis ao meu redor que nem lembro qual foi meu raciocínio pra critério de seleção “esse eu levo, esse não”. Até porque a maioria dos que peguei estão em italiano e a minha intimidade com a língua é praticamente zero. Assim… na realidade, se eu fizer muita força, baixa um santo em mim que até consegue ler e pegar a essência do que o texto tá dizendo. Mas, como não é sempre que estou espiritualizada assim, eu fico viajando só nas imagens dos livros mesmo.

capa-livro-moda-blog-dona-karao

E em uma dessas viagens visuais, me deparei com uma das fotos mais maravilhosas que já vi na vida. Quando vi a primeira vez, fiquei horas meio embasbacada olhando, admirando. E assim fico todas as vezes que vejo novamente, mesmo depois de anos. Fico hipnotizada!

O livro que tem essa foto se chama La Bellezza e fala sobre aspectos da Beleza: um pouco da história da beleza; a beleza de cada década do século XX; a beleza de cada etnia, assim como aspectos dos cosméticos e também algumas referências de revistas.A semelhança e, ao mesmo tempo, as diferenças entre cada uma dessas faces é uma das coisas mais maravilhosas, incríveis, apaixonantes! Ver traço por traço, o formato do rosto, dos olhos, das bocas, as cores, as orelhas! Como pode duas pessoas tão diferentes serem tão iguais? A expressão que cada uma delas tem apenas por suas formas é algo que me encanta. Somos iguais dentro das nossas diferenças.

Sou apaixonada por essa imagem. E antes que pensem “credo, mas essas duas meninas são tão feiosas, nem fizeram as sobrancelhas…”, eu digo que além das duas serem incrivelmente lindas, elas são belas. Beleza, pra mim, tem a ver com plena admiração e não somente com atração.
Acho que já vi uma versão traduzida do livro, mas dei um Google e não tive certeza se existe mesmo. De qualquer forma, a versão original tem AQUI.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply